Pesquisa


Preencha os campos abaixo para filtrar notícias

“É preciso formar jovens quadros sindicais”


08.Abr.2021
O Secretário-geral do SINDEL, Rui Miranda, foi um dos oradores convidados pela UGT para a Conferência que se realizou no passado dia 8 de abril e cujo tema foi “Organização Sindical e os seus dilemas face às transformações económicas, sociais e laborais”.
Rui Miranda fechou os trabalhos ao intervir no final da segunda mesa-redonda, que teve lugar da parte da tarde sob moderação de Sérgio Monte, Secretário-geral Adjunto da UGT. Nesta mesa-redonda falou-se n’”As estratégias futuras nos vários setores” e o nosso Secretário-geral estruturou a sua intervenção em torno de três grandes eixos: “Novas Organizações dos Tempos de Trabalho”; “Adequação das Tabelas Salariais ao Salário Mínimo Nacional” e “Intervenção Sindical”. No período de debate – em que os conferencistas tiveram a oportunidade de responder a questões que lhes foram colocadas pelos presentes na plateia (na Sede da UGT, em Lisboa) e na plataforma Microsoft Teams – Rui Miranda frisou que devemos postar mais na formação sindical para os jovens e que devem ser incluídas nos Contratos Coletivos de Trabalho cláusulas com benefícios sociais que diferenciem os trabalhadores sindicalizados e não-sindicalizados.
A Conferência foi aberta pelo Secretário-geral da UGT, Carlos Silva, e dividida em duas mesas redondas.
A primeira, realizada da parte da manhã e moderada por Carlos Moreira (Presidente da Comissão de Juventude da UGT), debruçou-se sobre “Experiências Passadas” e contou com as palavras de Helena André (ex-Ministra do Trabalho e atual Diretora do Departamento de Atividades dos Trabalhadores da Organização Internacional do Trabalho); João Proença, ex-Secretário-geral da UGT e Pedro Roque, ex-Vice-Secretário-geral da UGT.
Falou-se da História do movimento sindical e da importância crítica que a UGT teve (e tem) na sua democratização e, aliás, na própria construção do Estado Democrático no pós-25 de Abril.
Da parte da tarde – e sob moderação do Secretário-geral Adjunto da UGT Sérgio Monte – ocorreu então o painel em que interveio Rui Miranda e em que apresentaram ainda os seus pontos de vista e os das suas organizações, António Fonseca (Presidente do Mais Sindicato), Dina Carvalho (Secretária-geral do Sindicato dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica); João Dias da Silva (Secretário-geral da Federação Nacional da Educação) e José Abraão, (Secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos).

Todos os direitos reservados © Sindel | by inCentea MI